terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Aceitando o Casamento - Parte II



Oie!

Cá estou eu para continuar o meu relato sobre aceitar o casamento...

Continuando de onde eu parei.

Depois do nosso primeiro beijo, eu não consegui pensar em mais nada a não ser o Phelipe. Só que me bateu um medão meninas!
Como a maioria de vocês já sabem, eu sou BEMMMM mais velha que ele e pra mim ele sempre foi uma criança. Isso era um dos fatores que me faziam enlouquecer. Mas o que realmente me preocupava, era o fato de que nós somos padrinhos do nosso maior presente, a Lara, filha da minha irmã com o irmão dele. Quando nós a batizamos, não rolava nada entre nós, nem vento! 



Naquele domingo do beijo, depois que eu cheguei em casa, eu senti muito medo. Muito medo do futuro. Como já disse no outro post, eu sabia que nós não íamos ficar só nos beijinhos, essa história ia muito além do que eu podia imaginar.
Eu mal cheguei em casa e já tinha uma mensagem dele no meu celular, dizendo mais ou menos assim: “Eu só queria mais um beijo seu antes de dormir”. Derreti né?rs
Na segunda ele me convidou pra sair e marcamos para a terça. Eu fui ao encontro dele no Botafogo Praia Shopping. Fomos ao cinema e beijamos muuuuitooooooo... E do nada, marcamos uma viajem para Cabo Frio (era a segunda vez que estávamos ficando!!!). A gente passou a se falar todos os dias, viajamos para Cabo Frio e passamos momentos maravilhosos juntos e já voltamos praticamente namorando! Uma semana meninas! Uma semana para tudo acontecer.
No dia 26 de fevereiro, nós conversamos sobre nossas famílias e tudo o que a nossa aproximação poderia causar, mas ambos concordamos que não podíamos mais ficar longe um do outro e estava sendo impossível esconder de todos. Ele me pediu em namoro e eu mandei a real: “Eu não sou mais adolescente... Não estou mais na fase de ficar de namorico sem compromisso. Quero namorar, noivar e casar. Se não é o que você quer, melhor parar por aqui. Continuaremos amigos e concunhados...” E ele me respondeu: “Quem disse que eu não quero namorar, noivar e casar? Quero namorar, noivar e casar com você”.

Fiquei tão feliz!!! Eu já estava solteira há três anos e tinha sofrido muito com o meu ultimo relacionamento... Fui humilhada, tratada como lixo... E eu estava vendo naquele momento a felicidade entrando na minha vida.
Nós assumimos o nosso namoro no dia Primeiro de março e por conta disso, temos três datas de comemoração: 16, 26 e 1. Muitas comemorações minha gente!!!!!!!!!!!!!

Todos ficaram felizes com o nosso namoro! Pais, tios, avós, irmãos, amigos! Todo mundo!
Tudo muito lindo e muito romântico... Até que falamos em casar.

É o sonho de toda mulher... Mas eu passei por muitas coisas nos antigos relacionamentos... Coisas MUITO ruins! 

O falecido, antes do Phelipe deixou cicatrizes tão profundas, que eu tive que fazer terapia. O negócio foi tão ruim, que eu fiquei com a autoestima lá embaixo. Eu pesava uns 60kg e passei a pesar 53kg... Só tinha cabeça. Eu achava que eu era feia, que era ruim em tudo o que eu fazia e que era pura incompetência.
A terapia foi muito boa, mas tive que abandonar e por causa disso, ainda sofro por conta das minhas inseguranças. 

Eu gostaria de contar pra vocês sobre essa minha experiência, mas não sei se é válido. Fico com medo de me expor demais ou sei lá o que...

Enfim, depois de todos os traumas do meu passado, nós falamos sobre casamento. Todas as dúvidas e inseguranças vieram à tona na minha cabeça. Medos, lembranças, tristezas... Mas a felicidade era muito maior do que tudo isso...

Eu passei por várias fases de aceitação e algumas delas foram preocupantes e medonhas...rs 

Próxima terça, vou contar pra vocês de fato, as fases que eu passei para aceitar que vou casar...
Foram difíceis, complicadas e deram muito medo!
Mas por enquanto, terei que dizer:
Continua....
Bjs

15 comentários:

  1. Eu tinha acabado de reclamar que essa segunda parte não saia...hauahuahaua...ansiosa

    Ai dona Luíza como você é exagerada, você não é BEEM mais velha que o Phelipe. Quem vê você falar assim pensa que você tem 48 e ele 16....hauahauahuahaua isso é ser beeem mais velha. Você é o que 4 anos mais velha que ele? Quando você tinha 18 e ele 14 isso fazia diferença...passando dos vinte não muda mais nada.

    Sua história é muito legal...a prova de que quando é pra acontecer, acontece. E é tão rápido as vezes. Enigmas da vida.

    Amiga sei que essas feridas machucam e deixam cicatrizes horríveis. Mas olha pra você...você é uma mulher maravilhosa, batalhadora, responsável, com um coração bom e linda. Não há mais motivo algum para se sentir pra baixo. Eu nunca tive decepções graaande no relacionamento (só namore o Dé), mas já fui tratada como um lixo por alguém que nem tinha esse direito (quase virou caso de polícia...abafa) e sei o quanto a gente fica mal.

    Mas o Papai do céu nos fez princesas lindas...é isso que somo de verdade.

    Te admiro muito.

    Beijooos

    http://royalweddingbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, é a mulher mais maravilhosa do mundo!!!!!

      Excluir
  2. menina, vc É LINDA!!!!!
    AZAR desse seu ex ai q te perdeu pra nunca mais!
    vc mandou pro seu noivo o mesmo q meu noivo mandou pra mim rsrs
    linda a sua historia!
    q o casório chegue logo!!!

    bjss

    ResponderExcluir
  3. Nossa flor que complicado, eu não sei o que vcê ssente, mais também ja sofri muito não com relacionamento, mas com a vida mesmo, e sei que essas experiência nos deixam mais inseguras, mas nós amadurece de um jeito que somos capaz de enfrentar qualquer coisa,basta acreditar na nossa capacidade... Beijooos

    http://lorraneejunior.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Lu, quando é pra ser não tem hora e nem lugar.. simplesmente acontece!
    Que bom que vc se deu essa nova chance de viver uma outra história de amor!
    Felicidades pra vcs!

    http://ovestidorendado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Aii que fofooo!! A história de vcs já estava escrita por Deus!!

    Eu também moria de medo de casar, pq meus pais são separados e foi muito difícil aceitar isso...rsrsrs..mas agora é só alegria..entendi que cada relacionamento é um relacionamento e não é pq meu pais não deram certo que o meu casamento tbm não vai dar!!

    Vcs vão ser felizes para sempre, Lú!!!

    Beijão

    http://www.noiviceseinvencionices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. <3 Muita sorte a vocês dois, que estejam fortes para superar qualquer barreira e que se ajudem.
    A afilhada é linda :3


    Adorável Tédio | Fã Page | Sorteio

    ResponderExcluir
  7. Olha eu aqui de novo! Rsrsrs!
    Sei como é difícil superar relacionamentos antigos. Ainda que a pessoa te trate bem, que não role tanta coisa negativa, ficam marcas e temos que conseguir aprender alguma coisa com o que aconteceu.
    Pelo que vi até agora, você tem motivos de sobra pra deixar suas inseguranças de lado: tem uma família bacana, uma afilhada linda e um homem que te ama e quer estar ao seu lado pra sempre!
    Aprenda com o que aconteceu, mas não deixe que isso te atrapalhe a sr feliz e ter uma vida maravilhosa!
    Vou ficar ansiosa aguardando pela próxima parte ta?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ah! deixou a gente na curiosidade de novo!!! Linda história, Lú! As pedras que encontramos nos nossos caminhos servem para nos edificar e fortalecer...
    Beijos

    http://coisasdeniquinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu!!!

    Eu tb sou mais velha que o Diogo (4 anos mais velha). São 8 anos entre vc e o Phelipe né? Mas olha, a idade faz diferença quando se é adolescente, depois não mais, o que importa num relacionamento é o casal, não idade, distância, etc.

    Eu, além da diferença de idade, ainda tinha a distância pra botar mais medo rs. E que nem vc, eu tive um trauma grande de um relacionamento longo, que tb não gosto muito de falar, que fez ficar sem namorar por uns vários anos (acho que uns 5 kkk).

    Quantas coincidências, a gente tb começou bem sério, do tipo namorar, noivar e casar rs. Tanto que noivamos com 6 meses de namoro! Mas o que importa não são essas convenções sociais de idade, localização, altura, etc. O que importa é olhar para a pessoa e saber que é O CARA que se quer pro resto da vida, essa certeza, são poucos que sentem!

    Ahnnnn continua!!!!!!!!! Demorou pra ter o parte 2 já rs.

    Bjs =^.^=
    www.noivaesposamae.com.br

    ResponderExcluir
  10. Flor vc nao é bemmmmmmmmm mais velha, para com isso, minha cunhada é 4 anos mais velha que meu irmão e isso nao interfere em nada.. e vem cá, vc é linda demais, e o Phelipe fez a melhor escolha da vida dele escolhendo alguém como vc.

    Bjs

    http://chegouaminhavezdecasar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Ahh Luh para né idade não fala nada,do que adianta você namorar um cara mais velho com a cabeça de criança??Quem vê você falando acha que você é a velha da praça é nossa..kk

    Ohh lindona eu sei oque é se sentir pra baixo,eu também já tive que fazer terapia desde nova,antes me sentia um lixoo,hoje me olho no espelho e falo: Eu me adoroo , eu me amarro..Temos que ter forças pra olhar pra frente e creio que isso você tem de sobra lindona,você é linda,batalhadora e tem um rapaz incrivél ao seu lado,então aproveita essa oportunidade que Deus lhe deu e vai ser feliz mulher..

    bjos

    http://omeudiaestachegando.blogspot.com.br/

    obs:ansiosa pela prox terça..kk

    ResponderExcluir
  12. sempre tem um falecido para estragar nossa vida né.
    siga em frente e seje feliz. minha ficha só caiu quando finalmente marquei minha data.. rsrrs boa sorte ai. bjssss

    ResponderExcluir
  13. Ah eu tbm sou mais velha que meu marido 4 anos e as vezes eu até esqueço disso rsrsrs!!!

    ResponderExcluir
  14. Alguns traumas sao dificeis de superar mesmo...ja fui casada e meu casamento acabou pq ele me traiu..entao imagina como foi dificil confiar em alguem novamente...mas superei e ja me preparo pra casar de novo,rs
    Tudo vai dar certo pra vc tbm
    bjo

    ResponderExcluir